By 

Wild Artic (SeaWorld San Diego)


Tipo: simulador
Duração: 5 minutos
Tamanho das filas: pequeno
Filas especiais: Quick Queue
Termômetro do medo: 0,5 de 5 (simulação de quedas e curvas bruscas)
Possibilidade de ficar molhado: 0 de 5 
Restrição de altura: crianças com menos de 107cm não podem entrar na versão “simulador” 
da atração

Mesmo com um line-up pequeno de atrações, o SeaWorld San Diego pode se gabar de ter um pouco de tudo. Montanha-russa, splash, bóia na correnteza, brinquedos no estilo de parque infantil, teleférico e este Wild Artic, um simulador similar ao Star Tours, dos parques Disney.

Wild Artic (23)

A premissa da atração se encaixa bem com o perfil do parque. Os visitantes entram na pele de exploradores, que serão levados por helicóptero para a estação “Wild Artic”, localizada no Ártico. Para os pequenos que não possuem a altura mínima e para que enjoa ou não gosta de simuladores, logo na entrada é possível escolher a versão “sem simulador” da atração; ou seja, ela não se movimenta, você somente irá curtir o filme.

Em seguida, quem escolheu a versão normal do brinquedo entra num grande salão. Todo ambientado como uma estação científica, é hora de acompanhar o típico filminho “pré-show” de uma atração desse estilo, apresentando as dicas de segurança (e que se estende além do necessário…).  Depois é chegada de embarcar no “helicóptero”; no caso, os visitantes atravessam um pequeno corredor até a sala do brinquendo (muito parecida com os simuladores da primeira geração, como o Star Tours mencionado anteriormente). Como em todo brinquedo do gênero, o que era para ser um simples voo de helicóptero torna-se uma aventura cheia de perigos, que escapamos por pouco até chegar ao destino final.

Wild Artic (8)

Segundo o site oficial do parque de diversão, se você procura uma experiência menos intensa, procure por um lugar próximo ao centro da sala. O Parkaholic não seguiu o conselho e se deu mal. Acabei me sentando bem no canto extremo na última visita à San Diego. Saí com dores nos ombros e costas graças à movimentação desajeitada da atração. Infelizmente o tempo não fez bem à Wild Artic, tornando-a um festival de chacoalhões desconfortáveis e que em nada representam o que se vê na tela.

Na saída, os visitantes “chegaram” ao Ártico, e são brindados com uma bela exposição de animais regionais, como os incríveis ursos polares, num ambiente todo decorada para simular uma estação na neve (saiba mais no post Encontro com Animais – SeaWorld San Diego).


VEJA TAMBÉM

SeaWorld divulga novidades da futura atração Infinity Falls
November 17, 2017
As atrações em Orlando que estão presentes nos parques desde sua inauguração
August 21, 2017
Rivers of America Disneyland
Fantasmic e outras atrações do Rivers of America retornam à Disneyland
June 19, 2017
SeaWorld San Diego inicia nova era com show Orca Encounter
June 13, 2017
SeaWorld traz montanha-russa inédita em formato de jet-ski para San Antonio
June 06, 2017
SeaWorld anuncia nova área e parque de Vila Sésamo
May 18, 2017
SeaWorld planeja futuro com expansão internacional
May 17, 2017
20.000 Leagues Under the Sea (Tokyo DisneySea – Mysterious Land)
May 12, 2017
Garden of the Twelve Friends (Shanghai Disneyland – Gardens of Imagination)
May 11, 2017

2 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *